quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Análise das colunas:

1ª COLUNA - --

A primeira Coluna é a dos Pais de cada Família (Aett) e seu significado é o significado do Aett em questão:

Fehu – A Força Pura do Universo. Energia.

Hagalaz – A Forma do Universo. Matéria.

Tiwaz – A Força Dirigida pela Forma. Vontade.

Veja como Fehu e Hagalaz, aparentemente opostas (o velho debate Matéria x Energia) são transcendidas por Tiwaz.

2ª COLUNA - --

A segunda Coluna é a da Purificação. Aqui o Guerreiro é convidado a aprender a paciência, o aguardar do momento correto para superar as dificuldades e as necessidades. O poder indomado que devemos trazer ao claro para dar a volta por cima.

Uruz – A Força Selvagem, o mar bravio, a paciência da água a bater na rocha até que esta quebre. Adaptabilidade. A Purificação pela Água.

Naudhiz – As Dificuldades, a Necessidade como mãe da Criatividade. O Fogo que dá a Têmpera. A Purificação pelo Fogo.

Berkano – O segredo, o silêncio após a provação, no qual pesamos as lições aprendidas. O gestar de uma nova persona, o renascimento após a purificação. O Recipiente no qual a Purificação é feita.

3ª COLUNA - --

A terceira Coluna é a da Conservação da Unidade. São os três elementos que compõem toda a Unidade:

Thurisaz – o Espinho, o Rompedor, o Troll. A violência liberada que provoca mudança. O Martelo Mjolnir. A Unidade Dinâmica Desagregadora.

Isa – o Gelo, a Estagnação, a Estabilidade, a Ausência de Mudança. A Unidade Imóvel Integrativa.

Ehwaz – o Cavalo, as pessoas de mãos dadas, velocidade e companhia. Mobilidade e integração. A Unidade Dinâmica Integrativa: a transcendência da oposição dos dois princípios anteriores.

4ª COLUNA - --

A quarta Coluna é a da Semente Divina. É o Hidromel da Inspiração e da Intelectualidade, o dom que nos foi concedido por Odin.

Ansuz – O Hidromel sendo derramado sobre os Homens. A Semente Plantada por Odin.

Jera – a Semente germinando...

Mannaz – O Hidromel sendo recebido pelos Homens. O Mago reclamando sua Herança Divina.

5ª COLUNA - --

A quinta Coluna é a das Jornadas Iniciatórias. São as três viagens que o mago realizará:

Raidho – O ritmo, a Harmonia, a Consciência... a Jornada pela mente consciente, explorando os limites de nossa capacidade. A Jornada Solar.

Eihwaz – A Árvore Ygdrasill, os Nove Mundos. A Jornada pela Árvore-Eixo do Multiverso, a descoberta do “lá fora”, dos deuses e trolls e de todos os demais seres. A Jornada Mística.

Laguz – A água, o Inconsciente. A Jornada pela mente inconsciente, explorando nossos sonhos e nossos avisos interiores. A Jornada Aquática.

6ª COLUNA - --

A sexta Coluna é a dos Poderes Ocultos.

Kenaz – O Poder do Homem, a fagulha divina em cada um de nós, que nos torna capazes de mudar o Universo e decidir nosso próprio destino. É O Poder Oculto da Criação, pois é a força que sempre buscamos fora, mas está sempre dentro de nós mesmos.

Perthro – O Poder do Destino, as forças misteriosas e aparentemente incontroláveis do Universo. Que decidem nosso próprio destino. O oposto de Kenaz, sua contraparte necessária. O Poder Oculto do Poço de Wyrd.

Ingwaz – A Ocultação do Poder. O Poder enviado a Lugares Ocultos para germinar e crescer.

Esta Coluna representa o momento em que se lançam nossa própria força e a do universo, não uma contra a outra, mas uma COM a outra. A competição entre os Homem e o Universo pode levar à auto-destruição – no pior dos casos – ou no mínimo à falha do propósito lançado. Levar o universo à realizar Mudanças de acordo com a Vontade não é feito através do Forçar, mas do Fluir.

7ª COLUNA ---

Esta é a Coluna que integra os Deuses e os Seres Humanos.

Gebo – esta runa é a troca de presentes entre Deuses e Homens, a Lealdade entre eles. Ela nos conta sobre como os Deuses nos presentearam com a vida e o dom da inspiração e do intelecto, e como em troca nós lhes prestamos culto, alimentando-os com nossa fé.

Algiz – aqui temos a comunicação entre Deuses e Homens, o subir aos Mundos Superiores (ou às vezes eles descerem para Midgard) para recebermos conselhos e auxílios.

Dagaz – já esta runa nos ensina como os opostos podem se igualar e serem transcendidos. Como os Deuses são também Humanos e como nós próprios somos Divinos, em nossa capacidade de transformar o Universo. Após termos acendido a nossa fagulha divina interior e ter escalado a Árvore do Mundo para nos iniciar nos altos mistérios; enfim, depois de termos aprendido a moldar o Mundo pela nossa Vontade, nos tornamos também Deuses. Esta é a Unidade Transcendente de Deuses e Homens, e este é o Paradoxo Odínico, o motivo do Grande Sacrifício que ele fez na Árvore Ygdrasill.

8ª COLUNA - --

Esta é a Coluna Solar, a Coluna da Vontade.

Wunjo – é a Harmonia da Vontade, a Força Primordial de Mudança do Universo. É quando a Vontade surge, fruto da fagulha divina (ansuz) que surgiu em nós (kenaz), cedida pelos deuses (gebo). É a Vontade Pura.

Sowilo – Após todo o granizo de Hagalaz e as provações de Naudhiz e Isa, o mago sobrevivente tem uma série de iniciações na Árvore da Vida, Ygdrasill, e assim ele consegue dominar a Vontade Mágicka através da Roda Solar. E assim surge a Vontade Triunfante.

Othala – enfim, depois de todas as jornadas, já possuindo o segredo do paradoxo odínico, e tendo dominado a si próprio, o mago retorna a casa e pode enfim prosperar, na Fortaleza de sua Vontade.

Um comentário:

Opium eater// disse...

uma inspiração para a leitura, isso que quero.



terei! ;*